Palavra do dia: Swarm. E porque você deveria saber o que ela significa

Palavra do dia: Swarm. Seu significado de acordo com o dicionário Merriam-Webster é um grande número de insetos em movimento simultaneamente. Biólogos usam o termo para descrever o comportamento animal, quando um grande número de animais de uma mesma espécie se juntam em um grupo e se movem na mesma direção de forma orgânica. A Part Up é uma stratup que tem como objetivo criar swarms com a gente, seres humanos.

Não é segredo que a realidade do emprego e das organizações está mudando. Pra geração do meu pai só haviam algumas opções de carreira que ele poderia seguir, isso é, se ele quisesse ser considerado bem sucedido para a época dele (essa época sendo os anos 80).

Atualmente há inúmeros caminhos que podemos seguir. As pessoas refletem para descobrir o que elas realmente querem, o que as realiza, antes de ouvirem influências externas (como a pressão dos nossos pais). Nos não estamos mais presos a ideia de que temos que ficar em uma empresa a nossa vida, ou até mesmo praticar só uma profissão.

Nós temos a necessidade de fazer mais, de maximizar nosso potencial e atingir nossos sonhos. São as empresas que precisam se adaptar aos novos empregados e clientes, entender que as novas necessidades e demandas. Ao mesmo tempo eles precisam se ajustar a velocidade que as coisas estão acontecendo. Grandes organizações, assim como carros com muito peso, ficam devagar. A hierarquia faz os processos ficarem lentos e as vezes, para ser bem sincera, estúpidos. São precisos anos para a decisão que um CEO faz ser implementada em uma companhia com milhares de pessoas e centenas de escritórios ao redor do mundo. Enquanto isso acontece outras mudanças já são necessárias de novo. O sistema tradicional não está acontecendo acompanhar o ritmo atual, isso é um fato.

Pessoas não precisam mais de um emprego permanente em uma empresa; elas podem usar os próprios talentos que as empresas não usam devido a falta de um título ou nome para essa habilidade específica. Eu não estou falando de enfiar a língua no nariz, ok? Ano passado eu conheci pessoas com cargos como “fazedor de mistérios” ou CEO de tanto faz. Por outro lado, corporações ainda precisam de empregados, e ai surge a grande pergunta: como atrair essas pessoas para trabalhar na minha empresa?

É aí que a part up rouba o significado da palavra swarm e da um novo lugar para ela. Pessoas criam dentro do site uma part up para os próprios projetos; isso também pode funcionar para uma grande companhia ou comunidades de coworking com projetos de curto prazo, tanto faz o tipo de projeto. Uma vez que isso é feito, outras pessoas nessa rede com os mesmos interesses se juntam, formam um time e desse ponto em diante podem ajudar e cocriar com os outros membros da part up.

Cada um contribui com o próprio conjunto de habilidade e conhecimento. No site pessoas se organizam assim como as abelhas em uma “swarm”, todos adicionam seu expertise para alcançar um mesmo objetivo. Ninguém precisa falar para ninguém o que fazer. O processo se torna orgânico.

Em um mundo onde todos podem ver as mudanças são rápidas e principalmente, que elas são necessárias, organizações tradicionais estão correndo para não ficarem para trás. A Part Up é uma alternativa já que com essa configuração orgânica projetos são concretizados por juntar times com todos os tipos diferentes de profissionais que tem um mesmo interesse genuíno.

 

COMPARTILHAR
Morando em Amsterdam e sonhando com a vida de nômade digital. Amo filmes, séries, livros, contos em volta de fogueira, letras de música. Resumindo, toda boa história. Tudo que é novo me da energia.

DEIXE UMA RESPOSTA

Escreva seu comentário
Seu nome aqui