Warcraft é mais uma adaptação de game acertada para o cinema

Acabamos de sair da cabine de estreia do filme Warcraft – O Primeiro Encontro de Dois Mundos onde pudemos conferir em primeira mão o que a Universal preparou para a adaptação do jogo de mesmo nome para as telonas. E olha só: eles acertaram.

 

O filme se encaixa perfeitamente na nova estratégia da indústria do cinema em apostar e investir em conteúdos que já são conhecidos do grande público e que, por isso, teriam menor chance de fracassarem. Investir em uma história de um jogo que tem milhões de lovers pelo mundo parece ser mais seguro do que apostar num roteiro original, certo?

Quem sai ganhando são os apaixonados por essa história: a adaptação se mantém fiel ae jogo e explica/conta o primeiro encontro entre orcs e homens. Todos os elementos importantes no game estão lá. O que impressiona aqui são os efeitos visuais: fiquei impressionado com a qualidade e a sensação de realidade em ver todas as criaturas míticas!

Temos pontos pra criticar? Sim, claro… O roteiro tentou explicar muita coisa num filme só, o que deu uma sensação de que a cada momento que ficávamos mais próximos do fim do filme as coisas aconteciam mais rápido e corridas… São vários os personagens na trama, e explicar com detalhes cada um deles fez o filme ficar longo e corrido ao mesmo tempo. Ah… e ficou muito claro que teremos um segundo filme… Esperamos que as questões que ficaram abertas sejam explicadas na sequência da franquia.

Warcraft estreia hoje, dia 02 de Junho, em todo mundo. Não precisa ser fã ou mesmo conhecer o jogo para gostar do filme: se você é daqueles que adora fantasia, guerra e ação vai gostar bastante. Vale a pena conferir!

COMPARTILHAR
Thiago tem 25 anos, é comunicador e acredita que marketing é pra tudo e todos. Aquariano. Up Tempo. Amante da música, do entretenimento, da arte e da cultura pop. Movido por novidade! @thicerqueira

DEIXE UMA RESPOSTA

Escreva seu comentário
Seu nome aqui