Qual o próximo passo para a realidade virtual?

Ok, agora realidade virtual já se tornou algo até comum. Você pode fazer um óculos com uma caixa de sapatos e um par de lentes e baixar um aplicativo no seu smartphone de graça, voi lá, você já tem tours, jogos e cada dia mais empresas e marcas tem incorporado a tecnologia no dia-a-dia. Quem ainda não usou ou não está nem planejando já está lá atrás.

Até o mundo da moda, que se prova mais resistente e cética a novas tecnologias – como a vogue brasil que se recusa a ter snapchat por ser “para todos” – adotou a realidade virtual. A Moschino semana passada distribuiu óculos customizados para clientes. Esses poderiam baixar o app da marca e assistir o desfile todo por lá, com a mesma visão da Anna Wintour e as outras celebridades da fila A.

Mas agora que a realidade virtual já se tornou algo mais comum e presente, qual o próximo passo para ela? A empresa NeuroDigital Technologies tem um palpite, além de ver, sentir a realidade virtual. Eles desenvolveram uma luva com um sensor que responde ao você tocar algo que vocês vê nos óculos de realidade virtual, o nome dela é Gloveone. 

Com as luvas você pode não apenas sentir formatos dos objetos, como também o peso, calor ou até mesmo chuva. O projeto foi fundado no kickstarter e levantou mais de 150 mil dólares. Os apoiadores acabaram de receber a luva, porém ela ainda não está disponível no mercado. Fica o vídeo como uma palinha do que pode ser comum em, sei lá, uns 6 meses?

 

COMPARTILHAR
Morando em Amsterdam e sonhando com a vida de nômade digital. Amo filmes, séries, livros, contos em volta de fogueira, letras de música. Resumindo, toda boa história. Tudo que é novo me da energia.

DEIXE UMA RESPOSTA

Escreva seu comentário
Seu nome aqui