Como um site está impedindo que freelancers sofram calote

Então você é um freelancer? Ou quer ser um freelancer? Bom, o trabalho do futuro com certeza é esse. Não trabalhar apenas para uma empresa, mas várias. Agora como fazer isso e ter certeza que você não vai levar nenhum calote? Um grande problema para vários freelancers é que eles vivem de vender seus arquivos, como um logo, um vídeo, fotos, traduções, documentos e músicas. Depois que eles mandam esses documentos não tem mais volta, o cliente pode usar e desaparecer e nunca mais pagar. A lei proteje o freelancer nesse caso, mas sabemos que com a burocracia e o nosso sistema judiciário até você conseguir recuperar seu dinheiro você já gastou muito mais do que te deviam.

Dois programadores holandeses de 25 anos, Kevin Schenkers e Jonathan Koy, pensando nisso criou a solução. Ele desenvolveu um site que você pode colocar seu arquivos que estão disponíveis a um preço. O seu cliente só de baixar depois que ele pagar, dai não tem erro. Se ele quiser, como acontece em muitos casos, fazer uma alteração, você pode mandar só as versões em baixa e colocar a versão em alta, que ele realmente vai usar, no site. A ferramenta se chama FilePurch e já está online, qualquer um pode usar.

Além de ser prático eles já pensaram em tudo. Se alguém fizer um upload de pornografia infantil ou de algum arquivo sem licença, como músicas ou vídeos, eles não deixam subir. O mecanismo que eles usam para detectar isso é o mesmo que o youtube, uma espécie de código que escaneia o arquivo para procurar por essas coisas. Dessa maneira eles previnem pirataria e transferência ilegal de arquivos sem invadir a privacidade de ninguém. E ai? Que tal testar? Melhor que levar um calote, não?

 

COMPARTILHAR
Morando em Amsterdam e sonhando com a vida de nômade digital. Amo filmes, séries, livros, contos em volta de fogueira, letras de música. Resumindo, toda boa história. Tudo que é novo me da energia.

DEIXE UMA RESPOSTA

Escreva seu comentário
Seu nome aqui