Como um curso online mudou totalmente meu estilo de vida

Há um ano atrás eu estava trabalhando em uma empresa multinacional incrível, porém não era muito bem o que eu queria mais. Trabalhando por 4 anos no mesmo escritório, das 10h as 19h já não me empolgava. Toda vez que eu saia de férias e voltava eu sentava na minha mesa, olhava para o computador e pensava “a vida não pode ser só isso”, não é possível que eu só posso viajar, conhecer coisas novas uma vez por ano.

Com essa frustração eu comecei a pesquisar e me deparei com o site Nômades Digitais, eu já conhecia o Hypeness, que é dos mesmos criadores e me empolguei muito mais que vi quando era sobre esse novo estilo de vida que mais e mais pessoas tem adotado. Estilo de vida que permite você trabalhar de qualquer lugar, você não precisa separar trabalho das férias.

Quanto mais eu lia mais eu me empolgava em viver isso, ir embora da empresa que eu estava, fazer as malas e partir. Conversando com um amigo, o Thiago Cerqueira, que trabalha nessa mesma empresa e sofre das mesmas frustrações resolvemos começar um blog, esse site que você está agora, o The Trend Killers.

Dois meses depois a Jaque e o Eme, os nômades digitais, lançaram o curso online deles. Sem dúvidas eu me inscrevi e de quebra consegui a mentoria, onde eles viram o blog e deram dicas. Foi o que precisamos para seguir em frente. Além de trabalhar no The Trend Killers eu comecei a pesquisar sobre o novo estilo de vida e foi aí que eu achei o Seats2meet, uma empresa holandesa que é feita justamente para esses Nômades Digitais. Escrevi o blog sobre eles aqui.

Além do conceito do S2M conheci também os co-fundadores, Marielle Sijgers e Ronald van den Hoff, esse último também escreveu um livro chamado Society 3.0, que é obrigatório para qualquer um que busque por uma mudança e está disponível gratuitamente aqui. Nessa busca por uma nova maneira de viver eu me mudei para a Holanda, onde trabalho escrevendo e fazendo a comunicação para o S2M de uma maneira totalmente flexiva, sendo assim tenho tempo para me dedicar ao meu próprio projeto, o The Trend Killers.

Sobre o The Trend Killers demoramos um pouco para pegar os conselhos da Jaque e do Eme, mas agora que seguimos nunca vimos tanto crescimento no site. Depois de só um mês seguindo os conselhos deles tivemos nosso melhor mês disparado com 400% views a mais que nos meses passados, e o mês ainda não acabou. O curso dos Nômades Digitais não é só para blogueiros, esse foi o caminho que eu escolhi misturando com ser freelancer, mas eles falam sobre todas as possibilidades, seja freelancer, criando produtos online ou sendo digital influencer. A escolha é sua. Eles pregam que não é necessário mudar de carreira para se tornar nômades digital e eu não poderia concordar mais.

Se você quer viver de forma diferente, saiba que é possível, sim. Não é sem esforço, não é sem medo que a gente chega lá, até porque a gente tem que arriscar, mas quando chega lá vale a pena. E eu só estou começando.

A boa notícia é que essa semana eles devem abrir vagas para a segunda leva de alunos para o curso “Como ser um nômade digital”, e ai? Bom, depois de fazer o curso me da um alô se estiver planejando em visitar a Holanda e conversar sobre a sua experiência!

COMPARTILHAR
Morando em Amsterdam e sonhando com a vida de nômade digital. Amo filmes, séries, livros, contos em volta de fogueira, letras de música. Resumindo, toda boa história. Tudo que é novo me da energia.

DEIXE UMA RESPOSTA

Escreva seu comentário
Seu nome aqui