Artista se inspira em pixações para criar peças de mesa

Em meio às polêmicas envolvendo o pixo na cidade de São Paulo, uma artista resolveu ampliar o questionamento sobre sua definição como arte ou não. Andrea Bandoni, designer e arquiteta, colocou na mesa as pixações que viu na cidade de São Paulo.

As louças, pratos, taças e toalhas foram alvo do pixo da designer, que criou um alfabeto próprio para o trabalho para escrever frases comumente vistas pelas ruas pixadas nas paredes:“Revolte-se ainda hoje” ou “Toda criação é antes de tudo um ato de destruição”, por exemplo.

A sacada foi colocar este tipo de arte, marginalizada e muitas vezes desconsiderada como tal, para ornamentar louças e provocar a reflexão sobre a polêmica entre as artes e o pixo. O azul das letras remete muito às porcelanas clássicas portuguesas. Lindo! O preço não está no site, mas isso já mostra que até o pixo pode virar mercadoria.

COMPARTILHAR
Thiago tem 25 anos, é comunicador e acredita que marketing é pra tudo e todos. Aquariano. Up Tempo. Amante da música, do entretenimento, da arte e da cultura pop. Movido por novidade! @thicerqueira

DEIXE UMA RESPOSTA

Escreva seu comentário
Seu nome aqui