Desmistificando programação

Pode ser um pouco tarde pra falar das minhas metas desse ano, mas lá vai: aprender a dançar vogue, aprender – o básico de – Holandês e aprender a programar.

Até esse ano eu acreditava que programar um site era a coisa mais difícil do planeta. Eu via aquelas telas pretas cheias de linhas coloridas e achava que era coisa de outra planeta, que só aqueles caras aficcionados que digitam ridiculamente rápido conseguem fazer. Simplesmente não era pra mim.

O que mudou? No mundo inteiro há um movimento para aprender a programar, é uma das habilidades do futuro. Crianças aprendem na escola e eu também comecei a conviver mais com pessoas que programam, meu namorado inclusive. Convivendo com ele aprendi que programar é sobre solucionar problemas, são detalhes. Quando há algo da errado você precisa procurar no código todo qual ponto, vírgula ou letra que está fora do lugar. A real é que é bem parecido com excel – outra coisa que tem muita gente que acha que é um pesadelo mas é ó, um xuxuzinho. Vai mudar sua vida.

Para realizar minha meta de aprender a programar o básico eu voltei a um site que eu tinha achado há dois anos, quando eu ainda achava que programar era a coisa mais difícil do mundo. O nome dele é codeacademy e ele te ensina a programar de graça de maneira super fácil e na prática.

Por ele ter exercícios práticos foi o melhor pra mim, mas não existe só uma maneira de aprender. Pra realmente pegar o jeito você precisa entender qual a sua melhor maneira. Existem outros sites como o code avengers, o udacity e o khan academy. Além dos sites também é possível fazer cursos que faculdades dão no coursera ou no MOOCs. A real é que não tem mais desculpa pra não aprender. E acredite amigo, você pode até não precisar, mas vai ser útil.

Ah, e se você quiser aprender a dançar Vogue, ta aqui um vídeo de 3 min. que te ensina conceito e os elementos da dança.

COMPARTILHAR
Morando em Amsterdam e sonhando com a vida de nômade digital. Amo filmes, séries, livros, contos em volta de fogueira, letras de música. Resumindo, toda boa história. Tudo que é novo me da energia.

DEIXE UMA RESPOSTA

Escreva seu comentário
Seu nome aqui