Por essa vocês não esperavam: Coruja BC1!

Existem muitos artistas talentosos que compõe a cena do rap nacional, o rap tá vivão e vivendo e há algum tempo eu tenho dito que não é só nas grandes metrópoles e capitais. Recentemente em um dos meus rolês pela web eu trombei ele, o novo nome do rap nacional chegou e vocês não estavam preparados, temam: Coruja BC1.

Gustavo Vinicius Gomes de Sousa ou Coruja BC1 é um compositor e rapper que nasceu em Osasco (SP) mas cresceu em Bauru (SP). O Coruja BC1 surgiu para provar que o interior tem voz e soltou sua primeira mixtape Até Surdo Ouviu (2012).

No mesmo ano, Coruja lançou o videoclipe Não Posso Murmurar que passou de 130 mil visualizações e consequentemente chamou a atenção de músicos como Emicida e DJ Nyack. Cinco anos se passaram e em novembro de 2017 Coruja BC1 lançou seu primeiro álbum NDDN e agora é considerado um dos MCs mais talentosos da nova geração do rap.

Imagem relacionada

Em junho de 2012 foi lançado o videoclipe Não Posso Murmurar, single do álbum Até Surdo Ouviu (2012) que conta com 12 faixas produzidas de maneira independente. O videoclipe passou de 72 mil visualizações em oito meses e no começo de 2013 chamou a atenção do rapper Emicida e do DJ Nyak, que elogiaram o trabalho dele no twitter. Mais tarde em 2013 o reconhecimento dele começou a aparecer e ele se apresentou em vários festivais de música até conhecer o diretor Guilherme Tom, com quem fez parceria e gravou seu videoclipe mais famoso: Liga os Colômbia, faixa principal da 1° mixtape. Em uma semana o videoclipe já havia ultrapassado 120 mil visualizações no youtube e em seguida foi ao ar na programação da MTV Brasil. Coruja BC1 fez uma aparição no 46° episódio do RAP BOX (estúdio CASA1), cantando Neguim Rimador. Em 2014 Coruja lançou A Voz do Coração, sua segunda mixtape e com todo o destaque que ganhou na internet, acabou se apresentando pela primeira vez na TV aberta, no programa MANOS E MINAS da TV Cultura.

Muito tempo depois de obter o reconhecimento do movimento do rap nacional, Coruja gravou seu primeiro álbum NDDN (2017) pela gravadora Lab Fantasma dos irmãos Evandro “Fióti” e Emicida. O álbum No Dia Dos Nossos conta com 11 faixas que misturam jazz, rock e MPB. Coruja BC1 diz em uma de suas músicas que “sites nunca vão reconhecer alguém que preza mais mensagem que o ego e o próprio nome” mas nós reconhecemos seu talento. Voa Corujitoooo!!!

Você pode encontrar mais sobre ele no canal do Youtube, conhecer mais do trabalho dele no Facebook e seguir ele no Instagram!

 

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Escreva seu comentário
Seu nome aqui